Para como montar uma cozinha planejada, você deve primeiro tirar todas as medidas e em seguida, pensar em um projeto para aproveitar todo o espaço, que é justamente o que significa cozinha planejada.

Montar uma cozinha planejada em um apartamento pequeno talvez seja um tanto desafiador, afinal, todos os espaços devem ser otimizados, a fim de garantir que a cozinha seja prática e funcional.

Se esse é o seu caso, chegou no lugar certo!

Com as dicas que vamos passar nesse post, você poderá ter finalmente a cozinha dos seus sonhos!

O que é uma cozinha planejada?

Antes de te passar todo o passo a passo de como montar uma cozinha planejada, o que é uma cozinha planejada?

É um ambiente onde você consegue aproveitar todos os espaços, de forma a criar uma cozinha prática e funcional no dia a dia.

Além disso, você pode personalizar a sua cozinha, adaptando-a de acordo com as suas necessidades e estilo.

O ideal é fazer uma lista de tudo o que não pode faltar na cozinha, como armários e eletrodomésticos, e a partir daí, começar a elaborar um projeto.

O mais importante em uma cozinha planejada é que tudo fique à mão, mas que também seja um espaço onde as pessoas possam circular livremente.

Como montar uma cozinha planejada: passo a passo

Para te ajudar a montar uma cozinha planejada, reunimos aqui um passo a passo simples e fácil:

Tire todas as medidas da cozinha

O primeiro passo é tirar todas as medidas da cozinha e se possível, fazer uma planta baixa.

Assim, você tem uma visualização melhor de todo o ambiente e já começa a ter uma noção dos espaços disponíveis e como aproveitá-los.

Defina um estilo

É importante levar em conta o estilo de vida dos moradores, de forma a atender às necessidades de todos.

RELACIONADO  5 IDEIAS DE DECORAÇÃO PARA CASA

Uma cozinha planejada deve permitir deixar tudo organizado, porém, vale aqui aquele velho ditado “menos é mais”, particularmente no caso de cozinhas pequenas.

Crie uma harmonia

Móveis, eletrodomésticos e outros utensílios devem estar em completa harmonia, e esse é o principal objetivo de uma cozinha planejada.

Portanto, dedique um tempo para pensar nas cores e tipos de revestimentos, assim como os móveis e todos os eletrodomésticos essenciais na sua cozinha.

Em ambientes pequenos, a dica é optar por cores claras, pois promovem uma sensação de amplitude.

Contrate profissionais especializados

Depois de definir o seu estilo e listar todos os itens que não podem faltar na sua cozinha, chegou o momento de contratar profissionais especializados.

Desde um marceneiro para fazer os móveis, até profissionais para cuidar da parte elétrica, instalação de gás encanado residencial e iluminação.

Quanto aos móveis, você encontra lojas que trabalham com módulos já prontos. Basta fazer algumas adaptações para encaixar nos cantos disponíveis da cozinha.

Garanta a funcionalidade

Com cozinhas cada vez menores, é necessário ter em mente quais são suas reais necessidades, e levar em conta as limitações do espaço.

Nesse sentido, adapte às suas necessidades com móveis, prateleiras e espaços para organizar todos os utensílios da cozinha.

Ou seja, mesmo em uma cozinha simples, você consegue manter a funcionalidade e ainda deixar o ambiente com a sua cara.

Toques criativos de decoração

Você pode dar seu toque em cada canto da cozinha. Por isso, veja algumas ideias criativas que você mesmo pode fazer:

  • Adesivar a geladeira;
  • Fazer um cantinho com vasos de temperos;
  • Reciclar algum móvel antigo;
  • Instalar aramados para dispor utensílios que você mais usa no dia a dia;
  • Usar uma escada antiga para colocar objetos de decoração e plantas.
RELACIONADO  Ideias criativas para transformar a sua casa

Essas são apenas algumas sugestões, e se o seu orçamento é limitado, vale a pena usar um pouco de criatividade.

Conclusão

Agora que você já sabe como montar uma cozinha planejada e tudo o que deve levar em conta, chegou o momento de colocar a mão na massa e fazer isso acontecer!

Avatar de Nathan López Bezerra

Formado em Publicidade e Propaganda pela UFG, Nathan começou sua carreira como design freelancer e depois entrou em uma agência em Goiânia. Foi designer gráfico e um dos pensadores no uso de drones em filmagens no estado de Goiás. Hoje em dia, se dedica a dar consultorias para empresas que querem fortalecer seu marketing.