A primavera é uma das estações favoritas de quem prefere o meio termo entre dias frios e quentes. Marcada pelo retorno das cores após o inverno, ela enche ruas, praças, parques e casas de flores e plantas ornamentais. Em cidades arborizadas e no interior, é possível observar longos agrupamentos de flores coloridas que antecedem o humor alegre do verão.

Para quem está em vias de reformar a casa e quer apostar em ambientes mais coloridos, a primavera é uma excelente inspiração. Tons de amarelo, verde e rosa são apenas algumas das inúmeras opções para deixar cômodos da casa mais alegres e aconchegantes, tanto em decorações mais contidas quanto nas exóticas.

As principais cores relacionadas à primavera

O período da primavera acontece no Brasil entre os meses de setembro e dezembro, fazendo a transição do inverno para o verão. Sendo assim, é fácil entender porque a estação carrega cores mais vivas, já que é nessa época que as flores voltam a chamar a atenção em campos, árvores e locais onde existe vegetação floral. 

Na moda, as cores de cada estação podem variar conforme as tendências e estéticas, e isso também acontece na decoração. Porém, quando falamos de primavera, algumas cores são sempre presentes. São elas:

  • Verde: remete ao crescimento da vegetação, o brilho da grama e renovação das folhagens de árvores;
  • Amarelo: faz a transição entre as folhagens secas e a luz solar;
  • Azul: na primavera, os dias são mais amenos, mas é possível observar dias de céu limpo, mesmo com temperaturas mais frias;
  • Lilás: remete às flores, que podem ser encontradas em campos, floriculturas e  parques;
  • Vermelho: remete a flores como rosas e paineira-vermelha, comum em espaços urbanos.

Obviamente, você pode fazer sua própria curadoria de quais cores remetem à primavera, adicionando-as na decoração da sua casa. No geral, a decoração inspirada na primavera mescla tons mais neutros e terrosos com cores vivas e tonalidades pastéis, criando uma sensação visual agradável.

RELACIONADO  Sonhar com casamento que não aconteceu: significado e interpretação

Decoração da casa inspirada na primavera

Então vamos ao que interessa, que é como deixar a casa com as cores da primavera. Uma das formas mais práticas e versáteis de brincar com essas cores é na pintura de paredes e móveis. Você pode começar adicionando pequenos pontos de cor, até cobrir paredes inteiras com tons diferentes, como azul turquesa.

Móveis de madeira

Hoje em dia existem diversos brechós de móveis antigos de madeira, em excelente estado e com design único. Se você quer fazer algo de diferente na decoração, que tal pintar uma bancada de madeira, banco ou até mesmo cabides com cores da primavera? Comece por tons mais fechados e teste a saturação das cores em cada ambiente.

Tinta de parede

Outra forma de trazer cor da primavera para dentro de casa é investir na pintura das paredes. É possível mudar a cor de apenas um canto, experimentando com a posição dos móveis, composições com outros objetos e até mesmo com a variação da luz dentro da casa ao longo do dia.

Cores muito intensas como vermelho, laranja e verde limão casam perfeitamente com ambientes externos, enquanto tons de ocre, azul cobalto e rosas harmonizam melhor com ambientes internos.

Papéis de parede

Nem sempre é possível alterar a cor diretamente na parede, seja pelo orçamento ou tempo para investir na reforma. Para isso existem os papéis de parede, que podem ser lisos imitando cores sólidas ou, ainda, adicionando texturas e estampas no ambiente. A vantagem é que você pode brincar com diferentes formatos, e, se enjoar, basta remover.

Almofadas e capas

Os acessórios da casa também ajudam e muito a deixar a decoração mais viva com cores da primavera. Experimente combinar capas de almofadas com estampas de natureza, alternando com outras de cores sólidas e tons mais fechados. É uma opção que pode ser econômica para quem não tem muito orçamento, ou não tem certeza de qual cor escolher para o ambiente.

RELACIONADO  Como surgiu a dança circular?

Avatar de Nathan López Bezerra

Formado em Publicidade e Propaganda pela UFG, Nathan começou sua carreira como design freelancer e depois entrou em uma agência em Goiânia. Foi designer gráfico e um dos pensadores no uso de drones em filmagens no estado de Goiás. Hoje em dia, se dedica a dar consultorias para empresas que querem fortalecer seu marketing.